Eletricista Maceió

CONSTRUÇÃO - REFORMA - EMPREITERA - ADM DE OBRA - PROJETOS

SEGUNDA  À SEXTA

07:00 – 18:00

FALE CONOSCO

(82) 9 8761 – 4152

CONSTRUÇÃO MACEIÓ

WCOSTA ENGENHARIA LTDA

MANUTENÇÃO E VISTORIA

Atividades feitas durante uma vistoria elétrica:

Inicialmente, durante o processo de manutenção e vistoria, são realizadas diversas análises e ensaios, de acordo com a qualificação e experiência do profissional. Dessa forma, apresento, a seguir, algumas atividades que podem ser realizadas no decorrer da vistoria nas instalações elétricas:

  • Inspeção visual das instalações elétricas;
  • Termovisão nos quadros elétricos, a fim de identificar excesso de aquecimento;
  • Identificação de riscos de choque elétrico;
  • Erros de dimensionamento;
  • Riscos de incêndio na edificação;
  • Atendimento às normas técnicas e legislação;
  • Possibilidade de ocorrer um aumento de carga;
  • Análise em caso de mudança de endereço;
  • Acompanhamento da obra durante a construção.

Cuidados ao contratar uma manutenção e vistoria elétrica:

  • Certifique-se de que esse profissional possui conhecimento e experiência para realizar o trabalho.
  • Desconfie de preços muito baratos, pois uma hora técnica de eletrotécnicos ou engenheiros eletricistas com experiência, possui um valor compatível com a responsabilidade do trabalho a ser executado, como também com a formação do profissional.
  • Pesquise referências sobre os trabalhos já feitos pela empresa ou pelo profissional.
  • Pergunte o que será realizado e compare com outras empresas, caso desconfie do que está sendo proposto.

Eletricista pode fazer manutenção e vistoria elétrica nas edificações?

Em síntese, para realização desses trabalho não é emitido uma ART (Anotação de Responsabilidade Técnica), portanto os eletricistas podem, sim, realizar essas atividades.

Porém, cabe destacar que a quantidade de horas de estudo de um eletricista foi muito inferior a de um eletrotécnico, que, não obstante, estudam muito menos que um engenheiro eletricista, durante a sua formação.

Assim, critérios de dimensionamento de cabo, resistência de materiais, bem como, atendimento às normas técnicas e legislação, que colocam em risco a edificação, muitas vezes acabam sendo deixados de lado quando contratamos um eletricista ou um profissional com pouco conhecimento técnico.

Dessa forma, é fato que com os recursos da internet, bem como o conhecimento estando a disposição de todos, qualquer profissional, que atue no setor elétrico, pode se aprofundar na área, o que, porém, na prática raramente acontece.

Então, procure evitar contratar profissionais que realizam múltiplos serviços, como: projeto, manutenção, reforma, elétrica, hidráulica, civil dentre outras, pois quem faz tudo e sabe tudo, não faz nada direito.

Assim, alguns profissionais argumentam que trabalham com eletricidade a mais de 10, 15 ou 20 anos e que nunca tiveram problemas. Porém, com certeza, se tivesse tido algum problema não iria contar a você.

Resumindo, você deve estar pensando: “como acho um bom profissional?”. Aqui, a resposta é simples: se quer achar a solução para o problema, mude a forma de lidar com ele. Visto que no Brasil temos excelentes profissionais, que por sinal, estão mudando de área pela falta de valorização profissional dos eletrotécnicos e engenheiros eletricistas.

Estamos dispostos a pagar R$ 350,00 por uma consulta médica com duração média de 15 minutos e consideramos caro contratar a hora técnica de um engenheiro eletricista por esse valor, desconsiderando as despesas com deslocamento e nota fiscal.

Lembre-se: a sua segurança, da sua família e das pessoas que trabalham com você não tem preço. Não deixe de realizar manutenção e vistoria periódicas nas instalações elétricas da sua edificação. Essa atitude pode evitar um incêndio ou um choque elétrico que pode ser fatal.

De quanto em quanto tempo preciso fazer uma vistoria elétrica?

A princípio, uma instalação elétrica, bem projetada e executada, pode ultrapassar 25 anos de uso sem apresentar problemas, não obstante, essa não tem sido nossa realidade, pois o tempo de vida de uma instalação elétrica depende de muitos fatores que são negligenciados.

Logo, os fatores que mais contribuem para redução da vida útil e aumento do risco de incêndio ou choque elétrico são:

  • A fabricação de materiais elétricos irregulares;
  • Importação e comercialização de produtos sem controle de qualidade;
  • Instalação de materiais elétricos em lugares incompatíveis com a recomendação do fabricante;
  • Falta de projeto elétrico, a fim de economizar na obra ou reforma;
  • Instalação ou manutenção inadequada;
  • Problemas de conexão que geram excesso de aquecimento;
  • Erros no dimensionamento de cabos, disjuntores e outros dispositivos;
  • Clientes que se preocupam somente com o preço do serviço, desconsiderando a qualidade.

Portanto, esses fatores somados impossibilitam a previsão da vida útil de uma edificação, porém, destacam a importância desse serviço.

Enfim, não existe um tempo certo para realizar uma vistoria elétrica, no entanto, recomendamos que seja feito a cada 6 meses.

Ao mesmo tempo, muitas edificações novas já apresentam elevado potencial de incêndio, devido aos problemas apresentados até o momento.

Risco de incêndios e choques elétricos aumenta sem vistoria elétrica

Ressaltamos, que a falta de manutenção preventiva ou identificação dos riscos, por meio de uma vistoria elétrica, tem gerado perdas gigantescas. Muitas delas com valor imensurável, como o incêndio que ocorreu no museu do Rio de Janeiro em setembro de 2018.

Assim, após a ocorrência de um acidente grave, é fácil achar o culpado. No entanto, não existe um só culpado, e sim inúmeras negligências ao longo do tempo.

Incêndio no Edifício Joelma – Wikipédia, a enciclopédia livre

Aqui, a principal causa foi a falta de manutenção no sistema de ar condicionado. Porém, acredite, piores são as condições de muitas instalações elétricas nas indústrias e nos condomínios.

Dessa forma, é previsível que o aumento na potência dos equipamentos, a falta de vistoria elétrica nas edificações, bem como a mão de obra cada vez mais despreparada oferecendo o serviço, tornam muitos locais uma bomba relógio.

 

manutenção e vistoria
Fale conosco e tire suas dúvidas!